Acompanhe Nosso Blog

Faça seu Orçamento


Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida

Seja nosso cliente

Sua mensagem está sendo enviada...

Trabalhe Conosco


Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida PDF ou DOC com o máximo de 4MB
Sua mensagem está sendo enviada...

Fornecedores


Informe seu nome
Informe seu telefone
Informe um e-mail
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Descreva sua Mensagem
Sua mensagem está sendo enviada...

A importância da curiosidade

 

Diz o ditado: "A curiosidade matou o gato". Um ditado popular usado para alertar uma pessoa de que um mal pode ocorrer se ela for muito curiosa. Trazendo para o lado profissional, a curiosidade pode fazer uma enorme diferença entre os profissionais que se destacam.

Certamente Bill Gates, Steve Jobs, Albert Einstein, Thomas Edison, entre outros gênios, abusaram da curiosidade para alcançar o que nem imaginavam. Eles não olharam o futuro com base apenas na memória.

A expressão "a curiosidade matou o gato" era usada por líderes para inibir a busca do conhecimento bíblico e científico e pregar mentiras. Parece que continua influenciando até hoje. Poucos são os profissionais que usam da curiosidade para buscar uma solução, aprender mais, fazer o melhor do melhor, fazer a diferença, atingir um objetivo, conhecer melhor o que já parecia dominado. Por isso são poucos os que realmente fazem a diferença. Manter-se na normalidade é o mais fácil e mais cômodo.

A curiosidade faz parte do instinto humano, faz com que um ser explore o universo ao seu redor compilando novas informações às que já possui. Explorar é a palavra! Ao explorar melhor o nosso ramo de atuação, curiosamente, perceberemos que sempre há um jeito de fazer melhor, de fazer a diferença. Tomemos como exemplo o Ipad, que surgiu da vontade de buscar um dispositivo que fosse algo entre um smartphone e um laptop  Por que ele é destaque? Houve muita curiosidade para explorar o que havia de melhor para atender aos principais requisistos: Ele deveria ser portátil, simples e... mágico.

A curiosidade deveria ser ensinada na escola. Paulo Freire, educador e filósofo brasileiro, defende em uma de suas obras sobre pedagogia, a indissociabilidade entre ensino e pesquisa, pois faz parte da natureza da prática docente indagar, buscar, pesquisar. A pesquisa possibilita conhecer a novidade e contribui para que a curiosidade vá se tornando cada vez, metodicamente, mais rigorosa, e assim saia da ingenuidade e transforme-se em curiosidade epistemológica. De acordo com Paulo Freire a curiosidade epistemológica é construída pelo exercício crítico da capacidade de aprender. É a curiosidade que se torna metodicamente rigorosa e, se opõe à curiosidade ingênua que caracteriza o senso comum.

Aprender é um grande desafio da vida e, para aprender cada vez mais, temos que ser curiosos e nos libertarmos da prisão dos conhecimentos acumulados que nos acomodam. A mente humana está preparada para ampliar os limites do conhecido, é uma ferramenta poderosa e pode ser explorada de tal forma que consigamos soluções extraordinárias para qualquer tipo de problema. Viver apenas do que já aprendemos na vida, estreita a visão e dificulta o aprendizado.

Voar como a águia não é fácil, para isso somos "jogados do ninho" algumas vezes para aprendermos, sermos curiosos, usarmos a mente e explorarmos a situação até termos certeza de que, seja qual for o problema, nós temos a solução!

Será que a curiosidade matou o gato mesmo ou fez com que ele percebesse que não tinha só o rato para comer?

E pra finalizar, duas frases que dizem tudo:

"A curiosidade é mais importante que o conhecimento." (Albert Einstein)

"A curiosidade, instinto de complexidade infinita, leva por um lado a escutar atrás das portas e por outro a descobrir a América." (Eça de Queirós)

Por: Adriano Gurgel 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Sobre a Conectando Pessoas

Fundada em 2006, a Conectando Pessoas é a uma agência de comunicação e marketing, especializada em marketing para médicos, educacional, varejo e serviços. Conheça mais sobre nossos soluções de agência de marketing.

 

 

Entre em Contato

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Sua mensagem está sendo enviada...

São Paulo

Av. Onze de Junho 1070
Salas 107/108 - Vila Clementino | CEP: 04041-004

(11) 2384-3364

Como Chegar

Brasília

SGAS 610/611 Centro Médico Lúcio Costa Bloco 01
Salas T01/T02 - Asa Sul | CEP: 70.200-700

(61) 3965-6766

Como Chegar